A motivação para escrever sobre isso vem das inúmeras queixas de pessoas que recorrem a aplicativos para ter uma relação extra conjugal. Com se isso fosse uma experiência comum ou normal.

A infidelidade, ou traição como alguns costumam se referir, não é comum ou normal. Se você está na dúvida se deve ou não traia o seu parceiro, então está na hora de conhecer um outra realidade: seu relacionamento amoroso está em apuros. E é um problema sério.

Você pode seguir adiante e cometer uma infidelidade, ou você pode reconhecer que algo no seu relacionamento está errado e precisa ser consertado.

A infidelidade nunca é um sinal de relacionamento saudável.

E se você não puder consertar, pelo menos terá tido a honra de sair do relacionamento sem fazer algo errado.

Por que as pessoas trapaceiam ?

Porque:

Tem problemas significativos, contínuos e não resolvidos no relacionamento;
Há uma diferença significativa no desejo sexual entre os dois parceiros;
Há uma diferença maior na personalidade do que talvez os parceiros percebam;
A infidelidade é a expressão de um problema subjacente na vida e / ou no relacionamento dessa pessoa. Porém, trair é uma correção superficial e de curto prazo.

Mesmo que nenhuma emoção esteja envolvida, sustentar as histórias e as mentiras, bem como garantir que perguntas desconfortáveis ​​não surjam, requer jogo de cintura. É por isso que a maioria dos casos de infidelidade não fica escondido por muito tempo, é muito difícil.

Lembre-se, se a infidelidade fosse normal, não haveria necessidade de sigilo. Na verdade, o sigilo é o que torna um caso tão sexualmente atraente. Mas o sigilo não tem lugar em um relacionamento amoroso.

O que significa infidelidade no relacionamento

Infidelidade não é um sinal de um relacionamento normal e saudável. É um sinal de que algo está seriamente errado. As pessoas que são infiéis basicamente perderam a esperança por seu relacionamento e o respeito pelo parceiro.

Você pode, é claro, negar que há problemas no relacionamento e dizer que só precisa variar em sua vida sexual. Mas se esse é esse tipo de pessoa, então não deveria estar em um relacionamento monogâmico.



Ter um caso significa que você tem pouco respeito pelo seu parceiro. Se você tem tão pouco respeito por outro ser humano, por que você está em um relacionamento com eles ?

Oh, “as crianças” !

Bem, desculpe-me dizer isso, mas as crianças estariam melhor sem dois pais que estão vivendo uma mentira. Tudo o que ensina as crianças é que você precisa permanecer em um relacionamento infeliz, mesmo quando não quer.

As racionalizações e justificativas que você deve usar para justificar um caso devem ser realmente muito especiais.

Estamos neste mundo por um tempo muito curto. Como tratamos os outros é uma reflexão sobre nós mesmos. Se tratarmos os outros de uma maneira que é desrespeitosa e que desconsidera seus próprios sentimentos, bem, isso diz muito sobre o caráter de uma pessoa.

Evite a infidelidade

Eu não sou um moralista. Então, no fim das contas a escolha é sua. Tudo o que eu estou sugerindo é que, se você está pensando em trair ou se já traiu, é hora de ficar limpo. Para si mesmo e para o seu parceiro.

Você está nesse relacionamento pelas razões certas? É assim que você quer viver o resto da sua vida (com mentiras e sigilo) ? Sim, eu entendo que a infidelidade pode ser “quente”. Mas essa liberação sexual temporária vale sua integridade, sua honra e sua palavra ?

Se o seu relacionamento precisa de alguma atenção ou ajuda, então peça ajuda! Procure uma TERAPIA DE CASAL (tenha certeza que será barato se comparado com os custos de infidelidade e divórcio). Trabalhe de forma aberta e honesta em direção a uma solução positiva.

Acho que relacionamentos quase sempre perdem a “centelha” que marcou o seu início. Por outro lado, a boa notícia é que você pode aprender a crescer junto com seu parceiro novamente. Só é preciso um compromisso e vontade em ambas as pessoas.

Se você não estiver disposto a fazer isso, faça a coisa certa: termine. Não os desrespeite, enganando-os.

Deixe sua avaliação
Compartilhe este artigo !
  • 4
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *